NANOPULSE

O que é a Nanopulse?

Com o NanoPulse System é possível tratar e acabar com as dores crónicas!

NanoPulse system é um dispositivo exclusivo no mercado, graças essencialmente ao seu poder de 50000 volts/cm e à sua rapidez de resolução. É um dispositivo terapêutico médico registado como CE classe IIA com patentes em dezenas de países.

As células quando perdem o potencial de membrana perdem também a capacidade de executar correctamente processos metabólicos. Inicia-se assim uma reacção biológica com interrupção dos processos bioquímicos, que produzem sintomas ao nível dos órgãos, compostos de células. Por exemplo, se o fígado está doente, significa que as células que o compõem têm alterado os seus processos bioquímicos, ou seja o potencial de membrana está alterado.

Célula sã
Célula doente

Este aparelho médico consiste numa medida tecnológica que pode conseguir deter drasticamente a expansão de todos os problemas de saúde, activando os processos naturais de cura do nosso organismo, restabelecendo a nossa carga celular necessária para executar com êxito todos os processos bioquímicos.

A NanoPulse tem assim como principal objectivo, a eliminação de células debilitadas ou regeneração do seu potencial eléctrico, utilizando o campo magnético natural da Terra.

A queda de tensão e respectiva carga é a causa da maioria das disfunções celulares, a NanoPulse System ® vai assim, por meios electrónicos externos, elevar a voltagem das células até ao seu estado de equilíbrio saudável. As células através deste processo saem de seu estado doentio e comportam-se como células normais, recuperando as funções perdidas.

O tratamento via NanoPulse, permite:
  • Transmissão de impulsos electromagnéticos de alta impedância sem contacto directo com o paciente.
  • Que nenhuma voltagem ou corrente eléctrica seja aplicada directamente no corpo do paciente, um tratamento não agressivo, eliminando possíveis danos colaterais, pois é efectuado através de indução de ressonância magnética múltipla.
  • Recuperação e aumento da carga eléctrica e consequente aumento das defesas do organismo
  • Alívio da dor.
  • Regulação de intercâmbios químicos celulares, provocando alterações de acidez (pH).

NanoPulse é o único aparelho patenteado que penetra no meio intracelular sem danificar a respectiva membrana celular.

Pode ser considerado, por isso, um aparelho que repõe os potenciais essenciais indispensáveis:

  • Nos processos bioquímicos
  • Na transmissão dos códigos cerebrais
  • No controlo e coordenação de órgãos e tecidos

Na prática este processo produz impulsos eléctricos externos, com o objectivo de atingir um equilíbrio celular saudável. Com impulsos entre os 45.000 ↔100.000 volts, acima do valor nominal de 30 ↔ 100mV.

Estes impulsos podem ser transmitidos numa célula degenerativa, pois a membrana celular apresenta-se mais fina e porosa, logo, mais receptiva à passagem de tais impulsos, permitindo a transformação de células doentes em células sãs, recuperadas.

Âmbito de aplicação:

As principais aplicações dos campos electromagnéticos não térmicos e não ionizantes da NanoPulse System são as seguintes:

  • Regeneração dos tecidos e reparação óssea.
  • Estimulação do sistema imunológico, estimulação nervosa.
  • Efeito anti-inflamatório, cicatrização de feridas.
  • Tratamento da osteoartrite.
  • Modulações neuroendócrinas.
  • Alterações no fluxo sanguíneo cerebral, após uma lesão ou trauma, doenças do coração, hipertensão.
  • Neurite, dores fantasmas e polineurite vegetal.
  • Ganglionite inflamatória dos troncos simpáticos.
  • Doenças isquémicas ligeiras e de grau médio do coração, endoarterite, arteriosclerose oclusiva.
  • Insuficiência venosa crónica, úlceras.
  • Asma bronquial e pneumonias prolongadas.
  • Doenças ulcerosas do estômago e do duodeno.
  • Enfermidades do trato urinário.
  • Hepatite, incluindo a viral e pancreatite.
  • Doenças distróficas e inflamatórias das articulações, fracturas de ossos.
  • Dermatite crónica, psoríase e esclerodermia.
  • Otite, amigdalite, dores de dentes, furúnculos.
  • Doenças víricas bacteriológicas
  • Contusões, entorses, luxações.
  • Espasmos musculares, tendinites, epicondilite.
  • Glaucoma, hepatite.
  • Doenças gastrointestinais.
  • Doenças neurológicas.
  • Doenças degenerativas.
  • Medicina Desportiva e Reabilitação, Fisioterapia.