Search

Vermelho allura AC
 E129
 
É usado generalizadamente como corante alimentar, em snacks, molhos, conservas, sopas, vinho, cidra, etc.
Evite-o se o seu filho tiver asma, rinite (incluindo febre dos fenos) e urticária (uma erupção alérgica de pele).
 
Amarante
 E123
 É usado generalizadamente como corante alimentar em compotas, geleias e decorações para bolos.
 Evite-o se o seu filho tiver asma rinite, urticária e outras alergias.
 Foi proibido nos EUA.

Aspartame
 E951
 É usado generalizadamente como adoçante em snacks, doces, sobremesas, alimentos de «dieta».
 Pode afectar as pessoas com fenilcetonúria. Relatos recentes mostram a ocorrência de dores de cabeça, cegueira e ataques, devido à toma de aspartame em doses elevadas e durante muito tempo.
 
Ácido Benzóico
 E210
 É usado generalizadamente como conservante em muitos alimentos, incluindo bebidas, produtos com pouco açúcar, cereais e carnes.
 Pode inibir temporariamente a função das enzimas digestivas e pode esgotar os níveis de glicina. Deve ser evitado por quem tem problemas alérgicos, como febre dos fenos, urticária e asma.
 
Negro brilhante BN
 É usado generalizadamente em bebidas, molhos, snacks, queijo.
 Deve ser evitado por quem tem problemas alérgicos, asma, rinite, urticária, etc.
 
Butil-hidroxianisol (BHA)
 E320
É usado generalizadamente como conservante, especialmente em alimentos que contêm gordura, como chocolates e carnes.
A Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Cancro (International Agency for Research On Cancer) diz que o BHA é possivelmente um agente cancerígeno para os seres humanos. O BHA interage também com os nitritos para formar químicos conhecidos como mutagénicos, (i. e. que causam alterações no ADN das células).
 
Benzoato de Cálcio
 E213
 É usado generalizadamente como um conservante em muitos alimentos, incluindo bebidas, produtos com pouco açúcar, cereais e carnes.
Pode inibir temporariamente a função das enzimas digestivas e pode esgotar os níveis do aminoácido glicina. Deve ser evitado por quem tem febre dos fenos, urticária e asma.
 
Sulfito de Cálcio
 E226
 É usado generalizadamente como conservante, numa grande variedade de produtos - desde hambúrgueres a biscoitos e desde cogumelos congelados a polpa de rábano picante.
 Nos Estados Unidos os sulfitos foram banidos de muitos alimentos, incluindo a carne, já que fazem produtos mais antigos parecerem frescos. Podem causar problemas de brônquios, rubor na pele, pressão sanguínea baixa, sensação de formigueiro e choque anafiláctico. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) recomenda a quem sofre de asma brônquica, problemas cardiovasculares, respiratórios ou enfisema que evite este produto.

Glutamato monossódico
 E621
 É usado generalizadamente para intensificar o sabor.
 Pessoas sensíveis ao glutamato monossódico já sentiram os seus efeitos, incluindo pressão na cabeça, ataques, dores no peito, dores de cabeça, náuseas, sensações de ardor e de tensão na face. Muitos produtores de alimentos para bebés deixaram de adicionar glutamato monossódico aos seus produtos.
 
Ponceau 4R
 E124
 É usado generalizadamente como corante.
Quem sofre de asma, rinite ou urticária podem sentir um agravamento dos seus sintomas após consumir um alimento contendo este corante.
 
Benzoato de potássio
 E212
 veja o benzoato de cálcio (atrás).
 
Nitrato de potássio
E249
 É usado generalizadamente como conservante em carnes curadas e enlatadas.
 Pode diminuir a capacidade de transporte de oxigénio do sangue; pode combinar-se com outras substâncias para formar nitrosaminas, que são cancerígenas; e pode ter um efeito atrofiante na glândula supra-renal.
 
Para-hidroxibenzoato de propilo, parabeno de propilo, parabeno
E216
 É usado generalizadamente como conservante em cereais, snacks, patê, carnes e chocolates.
 Os parabenos têm sido identificados como causa de dermatite crónica em muitas situações.
 
E954
 É usado generalizadamente como adoçante, encontrado em produtos de dieta e sem açúcar.
 A Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Cancro concluiu que a sacarina é possivelmente cancerígena para os seres humanos.
 
Metabissulfito de sódio
 E223
É usado generalizadamente comoconservante e antioxidante.
Pode provocar asma grave e potencialmente fatal - uma mulher desenvolveu asma grave após ingerir uma salada com um molho de vinagre contendo E223.
 
Sulfito de sódio
 E221
 É usado generalizadamente como conservante no fabrico do vinho e outros alimentos processados.
 Os sulfitos estão associados a ataques de asma. A maioria dos asmáticos é sensível aos sulfitos nos alimentos.
 
Cloreto de estanho
 E512
 É usado generalizadamente como antioxidante e agente de retenção de cor em alimentos enlatados e engarrafados e em sumos de fruta.
 Já foram relatados casos de envenenamento agudo após a ingestão de sumos de fruta contendo concentrações de estanho superiores a 250 mg/l - causa náuseas, vómitos, diarreia e dor de cabeça.
 
Dióxido de enxofre
 E220
 É usado generalizadamente como conservante.
O dióxido de enxofre reage com uma grande variedade de substâncias encontradas nos alimentos, incluindo as várias vitaminas essenciais, os minerais, as enzimas e os ácidos gordos essenciais. As reacções adversas mais comuns aos sulfitos são os problemas brônquicos, especialmente naqueles que têm tendência para a asma. Outras reacções adversas podem incluir a hipotensão (baixa pressãc sanguínea), rubor, sensações de formigueiro e choque anafiláctico. A OIT diz que deve evitar o E220 se sofrer de conjuntivite, bronquite, enfisema, asma brônquica ou doenças cardiovasculares.
 
Amarelo-sol FCF
 E110
 É usado generalizadamente como corante.
Estudos em animais indicaram atraso no crescimento e perda de peso grave. As pessoas com asma, rinite ou urticária devem evitar este produto.

Tartarazina
 E102
 É usado generalizadamente como corante amarelo nos alimentos.
 O que precisa de saber: pode causar reacções alérgicas em cerca de 15 por cento da população. Pode ser uma causa de ataques de asma e tem sido relacionado com a ocorrência da perturbação de hiperactividade em crianças. Aqueles que sofrem de asma, rinite e urticária podem sentir um agravamento dos seus sintomas após a ingestão.
 pode causar reacções alérgicas em cerca de 15 por cento da população. Pode ser uma causa de ataques de asma e tem sido relacionado com a ocorrência da perturbação de hiperactividade em crianças. Aqueles que sofrem de asma, rinite e urticária podem sentir um agravamento dos seus sintomas após a ingestão.
 

WATERCELLPOWER

contactos:



+351.211.937.862

+351.911.506.659









 

Copyright 2011 by Integrative Medicine   |  Powered by Powered by PWM - Power Web Marketing  |  Privacy Statement  |  Terms Of Use  Xhtml 1.0  CSS 2.0